quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Workshop sobre Serious Games

-
Mesmo com um atraso de quase dois meses (devido a problemas diversos) na publicação deste post, acredito ser importante mostrar a iniciativa do Sesc e do Itec de Araraquara.

No dia 17/07/2010 aconteceu no Sesc Araraquara o Workshop "Serious Games". O evento, promovido pelo Itec (Instituto Tecnológico de Araraquara), contou com 268 inscritos.

Primeira parte do workshop.

O início das atividades do workshop contou com a palestrante Cristina Araujo, da empresa T&T (Tecnology & Trainning) do Rio de Janeiro, que abordou a utilização dos Serious Games (Jogos Sérios) no treinamento e capacitação de profissionais de vários segmentos como transporte de cargas perigosas, funcionários de bancos, no ensino, etc. Foi apresentado, também, vídeos demonstrando trabalhos feitos por alunos do curso de desenvolvimento de jogos oferecido pela empresa.

Na sequência, o engenheiro da computação Marcelo Tanisho, traz a tona os Jogos Indies e mostra de forma clara as ferramentas e as dificuldades encontradas no desenvolvimento de um jogo 3D para X-Box 360. O jogo apresentado (uma cobra gigante voadora) foi desenvolvido como trabalho de conclusão de curso para obtenção do título de engenheiro. Ainda nesta apresentação, Marcelo mostra casos de sucesso de vários desenvolvedores de Jogos Indies.

Após a apresentação dos Jogos Indies, Cristina Araujo exibe cases evidenciando o uso e o importante papel dos Serious Games como ferramenta de ensino e treinamento profissional.

A primeira parte do workshop é finalizada com uma mesa redonda com a participação dos dois palestrantes.

Segunda parte do workshop.
Por Felippe Coutinho (www.felippecoutinho.com.br)

Na segunda rodada de palestras, a representante da T&T, continua apresentando cases da empresa que mostram o uso de games e do computador com uma abordagem para fins de treinamento e ensino.

De acordo com Cristina, o mercado de Serious Games apesar de estar em fase embrionária apresenta um crescimento elevado, com eventos internacionais, publicações e organizações pelo mundo todo.

Existe um grande potencial para games voltados para o aprendizado. A International Data Corporation, empresa de estatística, prevê que cerca de 40% do mercado de E-learning corporativo nos EUA estará utilizando simulações ainda este ano com um investimento estimado de U$10.8 bilhões. Já o mercado mundial de Serious Games está estimado em U$44 bilhões.

De acordo com a Tecnology & Trainning, os Serious Games já estão inseridos na rotina de empresas da área de saúde, militar, corporativo, educacional e governamental. Entre os cases apresentados pela empresa os que mais chamaram a atenção foram os jogos para treinamento de controladores de plataformas da Petrobras, simulador de transito para treinamento de novos motoristas, podendo simular condições diversas como embriaguez e apresentando um relatório para o instrutor com os erros e acertos do condutor e por último, mas não menos importante, o uso dos jogos da série Americans Army desenvolvido pelas forças armadas para incentivar o alistamento dos jovens, que não é obrigatório nos EUA.

Outra informação interessante apresentada por Cristina é sobre games on-line no Brasil, que apresentou um crescimento de 27% nos quatro primeiros meses deste ano em relação a 2009. Números que andam chamando a atenção de gigantes como Sony, Nintendo e Microsoft.

Dando continuidade, Alexandre Z. Chohfi representou a Microsoft Student Partners, programa que estimula e gera oportunidades para estudantes de TI. Alexandre apresentou as novidades da Microsoft entre elas o novo X-Box 360 com um novo design ajudando a eliminar problemas de refrigeração, o sistema Windows Mobile de telefonia celular e sua forma de navegação e o Projeto Natal que deu origem ao Kinect, a grande novidade na forma de controlar jogos do X-Box sem o uso de joysticks e sim com o movimento do corpo.

Na sequência, Alexandre apresentou a framework XNA para o desenvolvimento de games para PC, X-Box e Windows Mobile e que pode ser baixada gratuitamente. Nos 90 minutos que se passaram, Alexandre programou um game simples explicando passo-a-passo o funcionamento do XNA e suas facilidades de uso.

Para quem se interessou, abaixo estão alguns links interessantes.

-

Nenhum comentário: