quinta-feira, 6 de novembro de 2008

LM 555

Introdução: Projetado em 1970 por Hans R. Camenzind, este C.I. (circuito integrado) chamado de SE555/NE555 foi comercializado em 1971 pela Signetics que posteriormente foi adquirida pela Philips.

Utilizado como temporizador ou multivibrador, este C.I. aliado a simplicidade de aplicação e baixo preço continua em pleno uso.

Arquitetura interna: O 555 é dotado de 23 transistores, 2 diodos e 16 resistores em matriz de silício e encapsulamento de de 8 pinos duplo em linha (DIP).

Variações: C.I. 556: combina 2 temporizadores 555 com encapsulamento DIP de 14 pinos.
C.I. 558 com 4 temporizadores 555 com encapsulamento DIP de 16 pinos.

Modos de Operação

* Modo Monoestável: Aplicado como temporizador, chave imune a ruído, etc.

* Modo Astável: Opera como oscilador, podendo ser utilizado como clock, pisca-pisca de Led, gerador de pulso, etc.

* Modo Biestável: Utilizado como Flip-Flops.

Pinagem:

1 – GND (Ground – terra).

2 – TR (Trigger – se o valor de tensão for menor que 1/3 de VCC este pino ativa o modo biestável interno e a saída.

3 – Q (Saída – durante um período o valor neste pino é VCC).

4 – R (Reset – temporizações podem ser interrompidas com um pulso neste pino).

5 – CV (Controle de Tensão – permite acesso ao divisor de tensão 2/3 de VCC).

6 – THR (Threshold – se neste pino a tensão for maior que 2/3 de VCC é desativado o biestável interno e a saída).

7 – DIS (Descarga – este pino associado a um capacitor irá influenciar o intervalo de temporização).

8 – VCC (Alimentação).

Características técnicas:

Tensão de alimentação (VCC): 4,5 a 15 V.

Corrente de alimentação (VCC = 5V): 3 a 6 mA.

Corrente de alimentação (VCC = 15V): 10 a 15 mA.

Corrente máxima de saída: 200 mA.

Potência dissipada: 600 mW.

Temperatura de operação: 0 a 70ºC.

Calculo para intervalo de tempo:

t = R.C

Sendo que t é o tempo que o capacitor leva para carregar a 63% de VCC aplicado.

Fonte: Wikipedia, Datasheet, Apostila de Sistemas Digitais Prof. Celso.

Nenhum comentário: